terça-feira, 25 de março de 2008

POEMA DO AMOR

Este é o poema do amor.

O poema que o poeta propositadamente escreveu
só para falar de amor,
de amor,
de amor,
de amor,
para repetir muitas vezes amor,
amor,
amor,
amor.
Para que um dia, quando o Cérebro Electrónico
contar as palavras que o poeta escreveu,
tantos que,
tantos se,
tantos lhe,
tantos tu,
tantos ela,
tantos eu,
conclua que a palavra que o poeta mais vezes escreveu
foi amor,
amor,
amor.

Este é o poema do amor.

António Gedeão

1 Comentários:

Às 25 de março de 2008 às 19:29 , Anonymous Anónimo disse...

Quem não gosta de António Gedeão?! Eu assumo-me como uma admiradora incondicional deste poeta!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial