segunda-feira, 6 de outubro de 2014

ENCONTRO PROMETIDO

Prometeste vir encontrar-me
Num cruzamento de estradas.
É certo que não disseste o dia,
Referiste umas datas possíveis ao acaso,
as que julgavas mais convenientes.
Mas o mês vai já quase na metade
e não me chegam sinais da tua decisão.
A cada dia espero que cumpras a promessa
e me digas quando nos vamos encontrar.
Se não vieres, esconde-me a verdade
da razão dessa promessa falhada.
Alega que não vieste por causa do trabalho,
não suportaria que fosse por falta de vontade.

SS

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial