segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

Prazeres de tarde de chuva (como hoje)

Um sofá
longo, com espaço para dois.
Um livro de amor
que folheio sonolenta
embalada por Chopin.
O crepitar do fogo na lareira
que me aquece a alma.
Um copo de vinho tinto,
da Rioja ou do Redondo,
tanto faz,
depende da ocasião
ou talvez da companhia.
Um afago ou um convite
e pode o mundo acabar...


IL

1 Comentários:

Às 25 de fevereiro de 2007 às 20:25 , Blogger MAGALHÃES PINTO disse...

Lagarto, lagarto!... É precisamente quando estamos nessa que o Mundo não deve acabar...

;)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial