quarta-feira, 14 de maio de 2008

VIAJAR! PERDER PAÍSES

Viajar! Perder países!
Ser outro constantemente,
Por a alma não ter raízes
De viver de ver somente!

Não pertencer nem a mim!
Ir em frente, ir a seguir
A ausência de ter um fim,
E a ânsia de o conseguir!

Viajar assim é viagem.
Mas faço-o sem ter de meu
Mais que o sonho da passagem.
O resto é só terra e céu.

Fernando Pessoa

Com esta poesia vos digo adeus até segunda. Levada pelas asas do avião, não pelas minhas, vou sobrevoar a Roma dos meus sonhos. Portem-se bem e mandem recados que, se eu puder, vos responderei. Se não, fá-lo-ei no regresso. Até lá um abraço para as gaivotas e gaivotos do meu bando

3 Comentários:

Às 15 de maio de 2008 às 18:18 , Anonymous Anónimo disse...

Gosto de passear na areia molhada
Deixando que as ondas apaguem
As marcas dos meus passos…
Nesta praia já não há tantas gaivotas
Como antes.
Voaram de asas bem abertas
E foram fazer ninho nas Desertas…

Por vezes acontece, quando ando à beira-mar,
Ver uma delas, como eu solitária,
Acompanhar meus passos apressados
Com um voo rasante sobre as águas…
Quase não bate as asas
Antes de levantar
Para outras paragens.
Só que há dias em que a gaivota aparece
E outros, em que tal não acontece…

E eu fico olhando o firmamento
Na esperança de a ver chegar.
Para mim ela é a companheira
Das horas de sossego e de calma
Que vivo nesta praia…
Às vezes, também ela só,
Fica de pé à beira-mar
Dá passeios pela areia
E até sobe às dunas…
E eu penso que ela está ali
Só para me acompanhar e distrair.

Bela gaivota, que agora por mim passas
Onde te levarão as tuas longas asas?

Porto Santo, Maio de 2008
gaivota do sul

 
Às 15 de maio de 2008 às 22:06 , Anonymous Anónimo disse...

E depois admiram-se dos meus silêncios!A concorência é muita.Olhem o poema da g. do sul!Um espanto!Não vou para ROMA nem para PORTO SANTO mas...vou bater asas.Até qualquer dia,pois nem quero pensar na reportagem que aí vem.

g.mimi

 
Às 19 de maio de 2008 às 19:03 , Blogger giesta disse...

Gaivota Mimi, há que tempos... e não gozes com o meu comentário, foram umas simples palavras para lembrar as gaivotas... mas, diz lá, para onde vais? Bons voos!!!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial