segunda-feira, 30 de novembro de 2009

BELA PRENDA DE ANOS SOBRETUDO PORQUE ATRASADA. SABE SEMPRE BEM

Porque está um céu fabuloso derramando no mar nuvens cor de chumbo com laivos de vermelhos e laranja e porque foi olhando o mar que escrevi para ti nos dias dos teus anos e porque estava escrito que hoje ia suavizar o teu dia-aqui estou.

Caminhámos juntas
Tantas vezes
Outros caminhos
Tomámos
Mas sempre
Nos encontrámos
Nas palavras
Que dizemos
Nos silêncios
Na comtemplação
Dos espaços
Que gostámos
Há em nós
Um encontro
Permanente
Afectos
Vividos
E
Não contados
Eternizados
Assim
Em
Nossa vida


Bom dia de anos

olhando o mar escrevi para ti ,mas só hoje o mando.

G.MIMI

5 Comentários:

Às 30 de novembro de 2009 às 21:38 , Blogger Gaivota Maria disse...

Querida Mimi
Deixaste-me sem palavras.É uma beleza e fez-me recordar tantos momentos que vivemos juntos e em que misturávamos o trabalho com o mundo de afectos. Acho que todas nós saímos muito marcadas por esse tempo e toda a confraternização. E para além disso, uns anos para trás, havia os desafios que tanto me fizeram crescer neste mundo das palavras.
Obrigada e um abraço enorme, amiga.

 
Às 1 de dezembro de 2009 às 12:06 , Anonymous Anónimo disse...

São duas Gaivotas felizes, pois têm um tesouro guardado em cada uma chamado AMIZADE.

Bom feriado a ambas.

J. Antunes

 
Às 1 de dezembro de 2009 às 12:23 , Blogger Gaivota Maria disse...

Caro J.Antunes

A amizade destas duas gaivotas foi sendo construída ao longo de anos e de uma grande partilha de coisas e momentos. E muita discussão também. Mas somos realmente felizes por termos, como bem escreveu, este tesouro guardado. Ambas lhe desejamos que consiga ter pelo menos uma amizade assim.
Bom feriado também para si.

 
Às 2 de dezembro de 2009 às 21:38 , Anonymous Anónimo disse...

Gaivota MIMI, tu escreves pouco, mas quando o fazes, quase nos deixas sem palavras... lindo poema e ainda para mais, com destinatária!
Abraços para todas as gaivotas
gaivota do sul

 
Às 3 de dezembro de 2009 às 09:36 , Blogger Gaivota Maria disse...

A Mimi é imprevisível. Mas quando arregaça as mangas e se entrega às musas saem estas maravilhas. Como deve ter imaginado eu fiquei sem palavras. Um abraço

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial