quarta-feira, 18 de novembro de 2009

HISTÓRIA DE AMOR ENTRE DUAS CIDADES

5 Comentários:

Às 20 de novembro de 2009 às 16:51 , Anonymous Anónimo disse...

minha vem amada

porque non aparesso-porque tenho que procorar palabras dos outros para para respunder-so oje in cuntrei

prefiro rosas,meu amor ,á patria
e antes magnólias amo
que a glória ea virtude.

a ceus péz
gabion


todus os dias aqui benho

 
Às 20 de novembro de 2009 às 17:12 , Blogger Gaivota Maria disse...

Caro gabion
Não o sabia tímido. Julgava-o apenas fugidio. Isto porque se arrisca, com os seus silêncios a ser esquecido. E olhe que a Mimi anda a sentir-lhe a falta. Por causa dela até procurei na net se os gabions eram aves emigrantes. Se diz que vem cá todos os dias é porque não são. Será que anda desanimado com a vida?
Volte mais vezes ou não será perdoado

 
Às 20 de novembro de 2009 às 18:22 , Anonymous Anónimo disse...

Que bonito: versos, música e ilustrações... um encantamento! Acredito que tenham inspirado o gabion, que tem andado tão arredio! Já nem falo no outro passarão, que dá ideia de ser emigrante.
Mas ficamos a saber que o gabion gosta mais de rosas do que da pátria (a verdade é que ambas têm espinhos) e que as magnólias estão acima da glória e da virtude!!! Apre, como eu gostava de ter escrito estas palavras!...
Como é que o gabion as teria descoberto?!
Um bom fim-de-semana
gaivota do sul

 
Às 20 de novembro de 2009 às 19:31 , Blogger Gaivota Maria disse...

Cara irmã gaivota do sul
Cá para mim o gabion anda disfarçado de face oculta dado o tempo em que não a tem mostrado. Não sei onde foi buscar a poesia mas eu acho que ele anda mal disposto com estas confusões políticas. O outro passsarão é realmente emigrante, segundo se deduz das últimas plavras dele. E quanto à Mimi anda muito tristinha... nem vem falar com a gente.
Bom fim-de-semana também para si. O meu pelos vistos vai ser de chuva.

 
Às 20 de novembro de 2009 às 19:31 , Blogger Gaivota Maria disse...

Cara irmã gaivota do sul
Cá para mim o gabion anda disfarçado de face oculta dado o tempo em que não a tem mostrado. Não sei onde foi buscar a poesia mas eu acho que ele anda mal disposto com estas confusões políticas. O outro passsarão é realmente emigrante, segundo se deduz das últimas plavras dele. E quanto à Mimi anda muito tristinha... nem vem falar com a gente.
Bom fim-de-semana também para si. O meu pelos vistos vai ser de chuva.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial