quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

PARA A MC

Com o meu muito obrigado deixo para MC esta poesia:


MADRIGAL

Tu já tinhas um nome, e eu

não sei se eras fonte ou brisa

ou mar ou flor.

Nos meus versos chamar-te-ei

Amor...


(Eugénio de Andrade)

JA



5 Comentários:

Às 25 de fevereiro de 2010 às 18:53 , Blogger Gaivota Maria disse...

E depois falas-me do gabión... Tu até já recebes madrigais

 
Às 25 de fevereiro de 2010 às 19:05 , Blogger Gaivota Maria disse...

Pois é Jorge, a MC andava muito tristinha porque ninguém lhe dizia coisas ao coração. Hoje deve ficar em "pleno" com esta maravilha do Eugénio de Andrade.
Um abraço

 
Às 25 de fevereiro de 2010 às 20:20 , Anonymous Anónimo disse...

Ai,ai,ai!
Eu vou responder,logo ao anoitecer


MC.

 
Às 25 de fevereiro de 2010 às 22:19 , Anonymous Anónimo disse...

Sou um pouco
De fonte
De brisa
De mar
De flor
Meu nome
Ai,meu nome
Da fonte tirei a frescura
Da brisa a ternura
Do mar a viagem
Da flor a comtemplação
Meu nome
Será
Aquele
Que em ti fica


MC

( eu prometi,aqui estou ao anoitecer agradecendo a ternura)

 
Às 26 de fevereiro de 2010 às 00:34 , Anonymous Anónimo disse...

Acho que estou a ficar com dores de cotovelo...

gaivota do sul

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial