terça-feira, 2 de dezembro de 2008

DESEJO DE INVERNO

Um copo de vinho…
É isso mesmo!
É o que me está a apetecer
Um copo de vinho mas de
Tinto
Daquele que deixa cor no vidro
E bigodes nos lábios.

E uma manta
Quente
De pura lã
De ovelhas nossas
Que sugerem prados em dias de calor.

E um sofá
Longo
Largo
Capaz de me acolher
Como os braços de um amante.

E uma música
Bem escolhida
Talvez uma ária…
Um Bécaud…
E porque não um fado?

Quando está frio
É isto que me apetece:
O vinho para brindar
O sofá para sonhar
E a música para cenário.

Ah! Falta-me ainda uma coisa
E que é o principal:
Um livro,
Mas não um livro qualquer.
Deixo a escolha
A quem me ler.
Que receitam para aquecermos
Nas longas noites de Inverno:
Um bom romance de amor
Ou páginas de poesia?


im

Etiquetas:

8 Comentários:

Às 2 de dezembro de 2008 às 18:17 , Anonymous Anónimo disse...

Aqui vai uma sugestão-um cálice de vinho do PORTO em copo de cristal, um romance-Pássaros Feridos( um dos mais belos romances de amor), música um concerto de Mozart.Ou então lê -A TERCEIRA ROSA de MANUEL ALEGRE.Se sentires um aperto no coração não te admires,eu também senti.Para acompanhar este livro podes escolher qualquer música.Até será interessante vermos quais as que escolhemos.

chim,chim,à nossa descoberta da vida

g.m

 
Às 2 de dezembro de 2008 às 19:07 , Blogger Gaivota Maria disse...

Obrigada pelas tuas sugestões. Vou pô-las num post para vere se aparecem mais. Um beijo Gv

 
Às 3 de dezembro de 2008 às 22:38 , Blogger Graça Pimentel disse...

gaivota
Nesse cenário apetitoso, eu teria uma mesa de camilha com uma braseira para manter os pés quentinhos.
Para beber, desculpa, eu opto sempre por leite... mas punha ao lado uma tablete de chocolate semi-amargo...
Para ler deixo duas sugestões: "Nada" de Carmen Laforet e "A mesa limão" de Julian Barnes. Quando acabares de ler o primeiro vais perguntar como é que uma catraia com 23 anos é capaz de escrever isto que recebeu logo o Prémio Nadal. Se conseguires resposta diz-me.
O segundo é uma série de contos que analisa e velhice com um humor que, para mim, é divino. Aprendi que o limão é símbolo da morte para os chineses... sempre a aprender.

Bom serão e boas leituras

 
Às 4 de dezembro de 2008 às 15:16 , Blogger Gaivota Maria disse...

Graça
Fizeste-me sentir saudades do leite quente da minha infância que me era quase empurrado pela minha por que eu (acredita) era muito magrinha. Ah! E do Alentejo. Passei uma vez lá uns dias de Inverno e a mesa de camilha com o braseiro é que nos aquecia.
Quanto a leituras vou ter que seleccionar porque entre as tuas e as da gaivota Mimi lá se vâo as minhas poupanças para livros... Lembras-te de uma lata que nos deram na Sede (tu sabes de quê) e que sobraram de um peditório? Todas as vezes que poupo numa extravagância ponho o seu valor lá dentro para livros.
Um beijo

 
Às 4 de dezembro de 2008 às 22:01 , Anonymous Anónimo disse...

Essa da lata,gostei.E depois desta crise bancária!!!


GM

 
Às 11 de dezembro de 2008 às 00:12 , Anonymous Anónimo disse...

"Dai-me o supérfluo e dispensarei o essencial"? É esse o teu lema, afinal?...

P

(PS - Mas se é mesmo um livro que queres, então fica-te com as 'Cartas a Sandra', do Vergílio Ferreira)

 
Às 11 de dezembro de 2008 às 18:42 , Blogger Gaivota Maria disse...

Ouve lá, ó P, já que sei gostar de cozinhar o que a tua mãe te deixa congelado. mas custava mandar uma sugestão de comes e bebes. Cá regisyo o livro,
Já te preparaste para o almoço de Natal?

 
Às 14 de dezembro de 2008 às 22:38 , Anonymous Anónimo disse...

Escusavas de divulgar publicamente um partícula da minha...privacidade culinária, mas enfim. Se é comes e bebes que também queres, a minha sugestão será singela e muito ao teu gosto e fácil alcance: um queijinho da serra para degustar devagarinho, com um tinto das bandas do teu solar, bebido sem tempo. Pão saloio à mão. E as "Cartas a Sandra"...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial