terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

7 PECADOS MORTAIS EU CONFESSO

7 pecados mortais eu confesso

GULA
Quando teu olhar me envolve
E sobre o meu corpo
A sombra do teu
Descansa

INVEJA
Sorris
E me provocas
Com teus beijos
E não mos dás

AVAREZA
Guardo os momentos
No meu corpo
Cansado
E espero um outro dia

LUXÚRIA
Sobre o teu corpo nu
Minhas mãos
Fazem viagens
Que só eu conheço

SOBERBA
Quero acreditar
Eu quero
Que só minha sejas

PREGUIÇA
Languidamente
Olho-te
Não te toco
Para te ter
Eternamente

IRA
Porquê este amor
De distância
Deste tocar
Sem ser tocado
Destas viagens
Sem regresso
Destes sorrisos
Perdidos no tempo
Deste papel
Em branco
Onde nada escrevo
Mas todos os dias
Peco
Porquê?

MC

Etiquetas:

11 Comentários:

Às 16 de fevereiro de 2010 às 16:32 , Blogger Gaivota Maria disse...

Eu até fiquei sem ar e postei logo o que mandaste! Possa! Estás com uma veia!!!

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 18:49 , Anonymous Anónimo disse...

Santa ignorância a deste povo...
Afinal a pretensa dama da cultura deste blog também dá erros de palmatória!

Possa é uma forma do verdo Poder a interjeição que sugnifica Irra escreve-se POÇA.

Diz o povo e com razão "Pela Boca Morre o Peixe".


Mª Teresa

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 19:58 , Blogger Gaivota Maria disse...

Parabéns , Maria Teresa, pode responder correctamente às perguntas sobre o "Bom português". Julgo que não será do Porto, da terra onde se trocam os "vês" pelos "bês". Se fosse, saberia que também se escreve por aqui "poça" como "possa" e "chiça" como "chissa". Como deve saber o calão tem grande maleabilidade de escrita e pronúncia em função dos regionalismos. Para a próxima, contudo, tenha cuidado com o seu próprio português. Como pretensa purista da língua teria corrigido o seu texto com mais atenção e evitado o "verdo" e o "sugnifica".A gente sabe o que quer dizer. Terão sido nervos? Não precisava.Afinal estava apenas a fazer uma justa correcção. E se só descobriu um erro (para si) neste blogue (blog é estrangeirismo), anda muito distraída. Um abraço e os meus agradecimentos pela sua colaboração

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 21:27 , Anonymous Anónimo disse...

E... biba o porto,biba, biba.
Ca---o, este peixe no bulhon non se safava,não morria pela boca morria pelo --.

O texto é a voz do povo ,lá isso é- para ouvir a sua voz é só estar atento,eu pessoalmente adoro ouvi-lo.

Gaivota MARIA,em vez de possa,quem sabe se po--a não era mais legível.

CHIÇA, com uma poesia tão linda, foram logo,chissar no chissa.

Pelo povo

G.MIMI

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 21:37 , Anonymous Anónimo disse...

Ler uma poesia destas e só comentar para apontar um errito de cácárácá... não valia pena!
E, confesse, quantas vezes não meteu a pata na poça?!

MC, continuas a deixar-me sem palavras... mas, já agora, há uma coisa que me está a fazer um bocado de confusão... não é que eu seja preconceituosa, mas... "quero que só minha sejas" (minha???)

Beijos
gaivota do sul

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 21:39 , Anonymous Anónimo disse...

G. MIMI, estou banzada!!!(Será assim que se escreve?)
Não há nada como um bom vernáculo!
Beijos
gaivota do sul

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 22:01 , Blogger Gaivota Maria disse...

Querida gaivota vdo Sul
relativamente ao minha eu também fiquei confusa. Ela tinha posto um "s" (minhas) e eu pedi-lhe para corrigir. Ela só tirou o "s". Mas que aquilo não bate bem... não bate. Ela não se modernizava assim tanto

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 22:03 , Blogger Gaivota Maria disse...

Aguenta os cavalos, Mimi. A Teresinha do Menino Jesus vai-nos comer. A gente responde-lhe à moda da lota e ela verá como se fala português nas ruas deste país

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 22:08 , Anonymous Anónimo disse...

O que é que vos está a fazer confusão?Só pode ser minha ( o género?)


MC

 
Às 17 de fevereiro de 2010 às 23:40 , Anonymous Anónimo disse...

Consultar,a G. MARIA,sobre poesia. Mas cuidado, não sobre quadras populares,senão estamos"lixados"( com a sua licença,diria o povo).


G.MIMI

 
Às 18 de fevereiro de 2010 às 09:06 , Anonymous Anónimo disse...

Eu diria mais: "lixados" não, seremos "linchados" (ou é linxados?)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial