sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

UMA SEXTA-FEIRA DE PERFEITO CARNAVAL

Hoje de manhã fui à rua. E fui porque tinha que fazer. Porque com o frio que está só grande razão me tirava de casa. Se não tivesse saído porém teria perdido um perfeito Carnaval nas redondezas. Passo a contar:
as escolas do 1º ciclo cá da terra têm o hábito de fazer desfiles de Carnaval na sexta-feira, último dia de aulas. Tudo bem se se limitassem ao espaço escolar. Mas depois do trabalho de pais e professores e dos gastos feitos nada como mostrar à cidade a beleza das crianças mascaradas. E para isso foi-se cortando o trânsito para o corso passar. Como aqui na terra ele já é complicado, hoje era o caos: ouviam-se mais as buzinas do que a música (será que havia?). Entretanto, dado o frio, para evitar as constipações havia casacões e Kispos por cima dos fatos. Uma beleza! Porque não fizeram o percurso no recreio escolar ou num dos parques locais? Em sexta-feira cortar o trânsito só mesmo de quem não tem respeito pelos outros. Lá no fundo acho que as criancinhas tinham preferido o calor das salas (que não é muito, mas mais acolhedor do que o da rua).

Outro carnaval era o da procura do "Sol". Não me refiro ao astro-rei que esse não conseguia aquecer ninguém. O Sol de que falo era o jornal, o tal que não respeitou a providência cautelar e saiu à mesma com mais umas histórias de outros carnavais encenados pelo nosso governo sob a batuta do PM. Havia quem entrasse nos quiosques ao empurrão para tentar arranjar um exemplar. E se já não havia, saíam a correr em direcção ao quiosque mais próximo. Como ele se esgotou e está a sair um novo à tarde, prepara-se um novo corropio nocturno para ver quem o arranja. E para quê? Este é um Carnaval que não vai acabar nestes 4 dias. Os melhores episódios vêm aí. Hoje são só os anúncios das cenas dos próximos capítulos. E amanhã deve haver desfile de máscaras lá para as bandas de Lisboa...
Cá por mim, vou-me deixar ficar por casa. Gostar por gostar era de estar nos 30 e tal graus do carnaval brasileiro. Pelo menos apanhava sol, comia bem e não tinha que aturar as imbecilidades a que estamos a assistir.

2 Comentários:

Às 12 de fevereiro de 2010 às 20:06 , Anonymous Anónimo disse...

Totalmente de acordo contigo.

um abraço quente

G.MIMI

 
Às 12 de fevereiro de 2010 às 21:30 , Blogger Gaivota Maria disse...

Não sei se o totalmente se refere às 3 coisas: O Carnaval da cachopada, o da corrida ao Sol e o do governo; ou se preferentemente se refere a uma estadia no "Brasiu". Eu já vi um Carnaval lá e fiquei espantada com os trajes das escolas de Samba.
Beijinho e diverte-te

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial