quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

RETRATO A SÉPIA

Nada em mim
faz supor
uma existência
pintada em cores garridas
contrastes fortes
ou artístico preto e branco.

Nem sequer
Tenho uma história para contar.
O meu quotidiano
É perfeitamente vulgar
Árido em sucessos
E se tem novidades
São as colhidas nos jornais.

Representável?
Talvez a ânsia de viver
E de atravessar o tempo
Sem olhar para trás.
Guardo o passado
Mas estou aberta ao futuro.

E porque estes meus conceitos
São algo de difuso
Entre a cor e a sua ausência
Para me definirem
Só desenhando-me a sépia.


im

4 Comentários:

Às 4 de fevereiro de 2010 às 19:21 , Anonymous Anónimo disse...

Gostei do seu "retrato a sépia".

Esta é uma das poesias que a minha mãe me ensinou a dizer ainda menino.

PELO SONHO É QUE VAMOS

Pelo sonho é que vamos
Pelo sonho é que vamos,
comovidos e mudos.

Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.

Basta a fé no que temos.
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e ao que é do dia a dia.

Chegamos? Não chegamos?
- Partimos. Vamos. Somos.

(Sebastião da Gama -1953)



Gaivotas são aves nuito lindas, seja qual for a latitude ou longitude em que voam, espero que a outra Gaivota que voa até aqui, continue a faze-lo.

Jorge Antunes

 
Às 4 de fevereiro de 2010 às 21:39 , Blogger Gaivota Maria disse...

Esta poesia do Sebastião da Gama é uma espécie de lema meu. Aplica-se perfeitamente ao meu modo de estar na vida. Por isso gostei imenso de a partilhar com os alunos que me passaram pelas mãos.
O meu bando é pequeno mas muito interessante. A gaivota Mimi é uma amiga muito especial. Faz uma poesia belíssima e "pica-me" (sempre o fez enquanto trabalhávamos juntas)o que me põe a escrever mais depressa. Anda a fazer-se cara, mas um dia pousa e vai ver como ela escreve bem. Além disso pinta e faz belos trabalhos de mãos. Se procurar nas postagens de Dezembro verá um belo oratório que me ofereceu pelos Natal. Depois temos a gaivota do Sul que é uma pessoa deliciosa e com uma vivência espantosa. A seguir vem a gaivota de Serralves, a nossa fotógrafa (mas que põe as suas fotografias no blog dela //gp-sarrabiscos.blogspot). Temos ainda um Gabión, uma delícia de companhia que se diz apaixonado e que nos desafia a todas. Para quem gosta de ler e escrever, este blog é um espaço de convívio.
Chamo a atenção da música que postei hoje. Creio que a sua mãe vai adorar. Um abraço

 
Às 5 de fevereiro de 2010 às 21:31 , Anonymous Anónimo disse...

AI, QUE ME MATAS.PASSA-ME "a baba"!!!!!!!!!!!!!
OLHA QUE ACREDITAM NAS TUAS MENTIRAS E DEPOIS.........
G.MIMI

 
Às 6 de fevereiro de 2010 às 12:12 , Blogger Gaivota Maria disse...

Não te preocupes. Eu não minto. Tu o que não queres é assumir o que gostas de fazer com medo de que não te adorem. por falar nisso: fazes muita falta na pintura. O grupo da manhã é muito engraçado

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial