terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

PERGUNTA QUE FAÇO A MIM MESMA

Sorridente, Sócrates celebra num almoço com mulheres, os 100 dias do seu governo minoritário. Considerando tudo quanto sucedeu ao longo deste tempo, questiono-me:
será um sorriso ou um esgar nervoso?

Estranhamente lembrei-me de Napoleão...

11 Comentários:

Às 3 de fevereiro de 2010 às 21:26 , Anonymous Anónimo disse...

Acho muito interessante sempre que a «pena» lhe foge para a poesia, sente-se-lhe a emoção.


Deixo uma canção de Chet Baker, que julgo lhe irá agradar.


Time after time
I tell myself that I’m
so lucky to be loving you
so lucky to be
the one you run to see
in the evening when the day is through

I only know what I know
the passing years will show
you’ve kept my love so young, so new

And time after time
You’ll hear me say that I’m
so lucky to be loving you.

I only know what I know
the passing years will show
you’ve kept my love so young, so new

And time after time
You’ll hear me say that I’m
so lucky to be loving you."

Chet Baker

(the best of chet baker sings 1989)

Jorge Antunes

 
Às 3 de fevereiro de 2010 às 21:36 , Anonymous Anónimo disse...

Se gostar pode acessar este link:


http://www.youtube.com/watch?v=KByd366fKdc


Jorge Antunes

 
Às 3 de fevereiro de 2010 às 21:48 , Blogger Gaivota Maria disse...

Obrigada pela letra do Time after Time. Gosto muito dessa canção, mas prefiro o Chet Baker na interpretaçã do "But not for me" que lhe deixo acima.
No que diz respeito à poesia... é um hábito diário. Mas a minha, a que traço, depende do movimento da onda em que estou.
Obrigada por continuar aqui. Um abraço

 
Às 3 de fevereiro de 2010 às 23:02 , Anonymous Anónimo disse...

Queres uma "BABA"?Até bordo o teu nome!!!!!!!
Ainda te admiras do Gábion fugir? Eu também vou dar às asas.

g.mimi

 
Às 4 de fevereiro de 2010 às 09:00 , Blogger Gaivota Maria disse...

Minha querida Mimi

Estou a começar a descobrir que tens um defeito que eu nunca suspeitei que tivesses: insegurança. É uma pena porque até há pouco eras uma das mais valias deste espaço. Compreendo que tens tido uns sobressaltos que te tiram a disposição, mas não escreveres aqui é um atitude de quem tem medo de ficar mal no retrato. E isso não é da Mimi que eu conheço e de quem tanto gosto. Por outro lado este blog ficou prejuducado com a tua ausência. Volta que serás perdoada. Quanto ao gabión já sabes como ele é: de repentes e não assume na realidade a sua paixão. Será que també está inseguro? Um bom dia para ti

 
Às 4 de fevereiro de 2010 às 19:14 , Anonymous Anónimo disse...

Insegurança,claro!
Medo,claro!
Ficar mal no retrato,claro!
Disposisão?
Imposível..........
Pois é não me conheces.
Irra.... eu também não quero que me conheçam bem senão qual era a graça.

A culpa????????????????Adivinhem.
MIMI
presente

 
Às 5 de fevereiro de 2010 às 09:09 , Blogger Gaivota Maria disse...

Acho que o melhor é não te conhecer mesmo. Estás um vulcão adormecido. Beijinho

 
Às 5 de fevereiro de 2010 às 21:11 , Anonymous Anónimo disse...

ihihihihihihihihi!!!!!!!!!



g.mimi

 
Às 6 de fevereiro de 2010 às 09:16 , Blogger Gaivota Maria disse...

Engasgaste-te com o peixe? Ou sentes falta do gabión?

 
Às 6 de fevereiro de 2010 às 16:20 , Anonymous Anónimo disse...

Espero que a ementa prometida do gabión não seja peixe.A propósito de peixe qual seria o peixe representativo do Soc.....? O outro era o cherne e este?


(peixe só ,lombos,por isso não me engasgo)

Apetecia-me agora uma lagosta.

g.mimi

 
Às 6 de fevereiro de 2010 às 16:39 , Blogger Gaivota Maria disse...

Acho que o gabión se está a borrifar para nós. ou será que é da Cpmunicação social e foi calado pelo Sócrates. Quanto a este, atendendo a que o sucateiro de Ílhavo costumava oferecer robalos, é capaz de ser este peixe "roubá-los".
Por acaso uma lagosta era capaz de não cair mal nesta tarde estúpida

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial