sábado, 6 de março de 2010

PRAZERES EM SÁBADO DE CHUVA

Um sofá
longo,
com espaço para dois.
Um livro de amor
que folheio
sonolenta
embalada por Chopin.
O crepitar do fogo
na lareira
que me aquece a alma.
Um copo de vinho tinto,
de Rioja
ou do Redondo,

tanto faz,
(depende do momento
ou então da companhia).
Um afago
e um convite
e pode o mundo acabar...

SS

2 Comentários:

Às 8 de março de 2010 às 13:10 , Anonymous Anónimo disse...

Dedicados a todo o «BANDO» ficam dois mimos. Uma boa semana a todas.

Jorge Antunes



Quanto, quanto me queres? - perguntaste

Numa voz de lamento diluída;

E quando nos meus olhos demoraste

A luz dos teus senti a luz da vida.

Nas tuas mãos as minhas apertaste;

Lá fora da luz do Sol já combalida

Era um sorriso aberto num contrastre

Com a sombra da posse proibida..

Beijámo-nos, então, a latejar

No infinito e pálido vaivém

Dos corpos que se entregam sem pensar...

Não perguntes, não sei - não sei dizer:

Um grande amor só se avalia bem

Depois de se perder.


(António Botto)


Especialmente para as Gaivotas do Norte e do Sul!!!

http://www.youtube.com/watch?v=xgIFSxKyG3U

 
Às 8 de março de 2010 às 15:01 , Blogger Gaivota Maria disse...

Como sempre a sua colaboração é de uma gentileza e gosto indiscutíveis. Boa semana também para si

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial